O edifício

O Centro Nacional de Reeducação Funcional e de Reabilitação («Centre National de Rééducation Fonctionnelle et de Réadaptation (CNRFR)») situa-se no «Quartier Grünewald» na extremidade leste do bairro do Kirchberg.

Como o acesso às infraestruturas estão situadas a Norte, as salas de terapia e as unidades de hospitalização encontram-se viradas para o lado do vale que é mais tranquilo.

A abertura do Centro, enquanto local de prestação de serviços e centro desportivo permite facilitar a integração dos pacientes na sua vida quotidiana e social.

Como separação entre a zona habitacional e a ligação à circulação encontra-se uma zona verde que inclui também a praça pública, os parques de estacionamento e as zonas pedonais.

As diferentes funções do edifício são repartidas em quatro pisos que se integram na topografia, tendo em conta as questões de acessibilidade, de iluminação e de comunicação com o exterior. Do ponto de vista funcional, podemos realçar o seguinte: a circulação, as unidades de hospitalização com os seus apartamentos terapêuticos, a administração, as unidades médico-técnicas, as salas de terapia, o ginásio, a hidrobalneoterapia com as piscinas, os armazéns técnicos, os arquivos, assim como os dois pisos com parques de estacionamento subterrâneos.

A iluminação e a ventilação natural das salas de terapia são garantidas pela organização dos pátios interiores.

A comunicação vertical entre os diferentes pisos é assegurada principalmente pelo corredor em vidro, formando a coluna dorsal do edifício.

No nível 1, as unidades de hospitalização foram constituidas como três caixas pousadas por cima da plataforma médica e terapêutica. Estas áreas atravessam o corredor principal em vidro.

O acesso ao piso 0 é feito pela entrada principal que se encontra nas proximidades da via pública. A distribuição dos espaços públicos, como o restaurante, a cozinha, o quiosque, o auditório e as salas de conferência é feita pelo hall de entrada.

A partir destes espaços públicos, pode-se observar o ginásio e a piscina que permite a comunicação entre as pessoas íntegras e os pacientes. No piso 0, encontra-se a direção, a administração, as unidades médico-técnicas (unidade de diagnóstico e gabinetes de consulta), o serviço social, a terapia da fala, a ortoptia, a terapia de arte bem como a psicologia.

O piso -1 que representa a plataforma terapêutica, tem acesso direto com o parque de estacionamento subterrâneo e com a zona de terapias exteriores. A unidade de ginástica adaptada e de fisioterapia compreende, entre outras coisas, um ginásio triplo com espaços para musculação e reabilitação cardiovascular.

A área da piscina compreende uma piscina terapêutica e uma piscina desportiva e os diferentes banhos e locais de tratamento situam-se à volta dela.
Os serviços de fisioterapia e de terapia ocupacional estão interligados por causa das suas relações médicas, terapêuticas e arquitetónicas.

As estruturas em consola construídas em betão, podem ser vistos nos níveis 0 e -1 e valorizam os níveis dos locais da terapia e das unidades médico-técnicas. Entre os diferentes andares horizontais há uma fachada, igual a uma faixa de vidro, neutra, transparente, com cortes verticais de alumínio. Atrás da fachada encontram-se os diversos locais funcionais.

O acabamento dos muros, do teto e do chão forma a estrutura global do edifício e respeita as necessidades específicas das diferentes unidades funcionais. Estas têm como objetivo de facilitar a orientação do indivíduo dentro do edifício.

Ginásio

O Rehazenter dispõe de um pavilhão desportivo onde são realizadas atividades desportivas com bolas (Andebol, basquetebol, voleibol, etc.), com raquetes (Badminton, Ténis) ou outro tipo de material desportivo. Este pavilhão não é apenas um local terapêutico para os nossos pacientes, mas também é utilizado como local de treino e de competições por utilizadores externos.

O pavilhão desportivo pode ser dividido em três espaços, tais como o muro de escalada, a zona de tiro ao arco e um percurso de avaliação para cadeira de rodas. Uma sala para trabalho de endurance e uma pequena sala de musculação completam as instalações do ginásio.

As instalações desportivas do Rehazenter respeitam as normas e os regulamentos desportivos e foram premiadas com o prémio especial IPC/IAKS do Comité Paralímpico Internacional em 2009. Nelas, são asseguradas o acesso adequado a pessoas com mobilidade reduzida e a realização de competições nacionais e internacionais de organizações externas.

Como objetivo de fortificar a correlação das componentes de reabilitação e de desporto adaptado a sede do Comité Paralímpico Luxemburguês está situada desde 2016 no Rehazenter. Além disso, desde Junho 2017 o nosso edifício abriga o Centro Nacional dos Desportos Paralímpicos.

Piscina

Existem duas piscinas complementares que são utilizadas para o tratamento de várias patologias de foro neurológico e musculosquelético. Além disso, também são utilizadas por utilizadores externos tais como associações ou clubes.

A piscina de natação tem 25 metros (29°C) e dispõe, num terço da sua superfície, de um fundo regulável em altura (de 0 a 180 cm) para se adaptar às diferentes terapias.

Além da vigilância de um nadador salvador, existe um sistema informatizado de vigilância que deteta todos os possíveis riscos de afogamento.
A piscina terapêutica (33°C) de 9 x 5 metros é acessível para cadeira de rodas através de uma rampa e ela possui áreas com diferentes profundidades.

Através de um ecrã, os terapeutas têm a possibilidade de observar em direto os exercícios realizados na piscina, o que facilita a análise dos movimentos subaquáticos. Os jatos de massagem e a cromoterapia são algumas das vantagens complementares das quais os pacientes podem usufruir.

Três cadeiras elevadores simplificam o acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

Quartos

O Rehazenter dispõe de 24 quartos duplos e 24 quartos individuais que estão repartidos pelos serviços de neurologia e de musculoesquética/ortopedia.

Todos os quartos possuem uma casa de banho com WC e duche adaptado. Os pacientes têm a possibilidade de dispor de um ecrã de televisão, de um rádio, de um telefone e de conexão à internet.

A conexão à internet pode ser por fio ou por Wi-Fi. Um código de internet pode ser requisitado junto ao serviço de gestão do paciente. Você será a seguir responsável pela ligação do serviço nos seus aparelhos.

A iluminação, o espaço e a qualidade do equipamento dos quartos contribuem para que a estadia seja o mais confortável possível. Os serviços de cabeleireiro e pedicure podem ser requeridos mediante marcação.

No restaurante poderá encontrar uma loja e um quiosque nos quais pode adquirir os produtos necessários durante a sua estadia.

Restaurante

O Rehazenter dispõe de um restaurante-cafetaria que permite aceder a um terraço com vista para a floresta, durante os meses de Verão. É um local vivo onde se cruzam utentes e terapeutas. As semanas temáticas como por exemplo o feriado nacional fortalecem este convívio.

Uma equipa profissional e dinâmica propõe uma cozinha saborosa e variada (menus diários, grelhados, buffet, buffet com saladas, …). A equipa médica pode recomendar menus dietéticos e uma alimentação adaptada. Além disso, podem solicitar uma refeição no quarto, caso seja necessário. Os funcionários do restaurante servem-lhe as refeições e se for necessário, acompanham no até à sua mesa, onde poderá encontrar terapeutas especializados que o poderão continuar a ajudar.

As pessoas externas ao Centro, tais como os familiares, os participantes de congressos ou seminários organizados dentro do Centro ou os clubes e associações desportivas que utilizam o ginásio ou a piscina, podem também usufruir do nosso restaurante.

Auditório

O auditório situa-se no rés-do-chão.

As paredes divisórias que delimitam e isolam este espaço podem ser amplificadas para acolher até 180 pessoas sentadas.

O equipamento de áudio e de vídeo, bem como o isolamento acústico permitem a realização de formações, conferências, simpósios, etc., num conforto total.

A organização dos espaços exteriores

A implementação do Rehazenter foi realizada para respeitar ao máximo os espaços verdes que englobam o edifício.

A organização do espaço exterior casa subtilmente a pedra, o metal, a madeira, a água e as plantas. Estes elementos recriam um quadro particular, misturando a natureza com a arquitetura.

Os pátios interiores permitem a entrada de luz no interior do centro de reeducação. Eles estão dispostos como terraços e apresentam vegetação, passadiços de madeira e umas cadeiras, formando uma zona de repouso.

O acesso às zonas de terapia pode ser efetuado através dos passadiços de madeira que se encontram nos pátios interiores. Os pátios interiores também servem como local de tratamento no exterior.

Um campo de basquetebol junto a uma área de trabalho de várias texturas está equipado com uma mesa e cadeiras e completa assim a área utilizada como tratamento no exterior.

Por fim, um percurso de treino de marcha e de manuseamento de cadeira de rodas encontra-se ao ar livre e é protegido das condições meteorológicas por um coberto.

Estacionamento

Um parque subterrâneo e parques de estacionamento no exterior oferecem 350 lugares de estacionamento.

Os utentes, as visitas e os funcionários têm à sua disposição dois pisos de estacionamento. O tarifário é de 1 euro por hora. A partir de 3 horas de tratamento, os pacientes do Rehazenter podem solicitar uma carta de estacionamento junto ao serviço de gestão dos pacientes para lhes garantir uma tarifa de 3 euros por dia. Um parque de estacionamento de curta duração encontra-se junto à entrada principal.

Lugares de estacionamento para pessoas com deficiência estão disponíveis em todas as áreas de estacionamento.

Os fornecedores têm à sua disposição dois parques de estacionamento: um pelo lado oeste do edifício acessível pelas traseiras do edifício e outro acessível pelo parque de estacionamento das Ambulâncias